Cientistas multiplicam capacidade de baterias

Cientistas da Universidade de Stanford, na Califórnia, descobriram uma maneira de multiplicar em até 10 vezes a potência de baterias recarregáveis de lítio, utilizadas em laptops, câmeras, celulares e dispositivos portáteis.

Segundo o site ZDNet, a descoberta, que se baseia em nanofios de silício, poderia aumentar a autonomia de baterias que hoje duram apenas 4 horas, para até 40 horas em uma simples recarga.

A equipe do professor assistente Yi Cui atribui à descoberta o status de “desenvolvimento revolucionário”. A técnica se baseia na substituição dos atuais ânodos de grafite, que limitam a capacidade e vida útil da bateria, por nanofios de silício, que teoricamente possuem a mais alta capacidade de carga.

Por enquanto, existem alguns obstáculos a serem transpostos antes que a tecnologia possa ser disponibilizada comercialmente, e um deles é o custo da tecnologia. Segundo o site Ars Technica, a viabilidade comercial pode demorar ainda cerca de cinco anos.

Todavia, a equipe já registrou uma patente para o invento e agora considera fundar uma companhia ou se unir a alguma fabricante para a comercialização futura das novas baterias.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: